Powered by Rock Convert

Ser corretor de seguros autônomo é muito vantajoso em diversos aspectos. Ao mesmo tempo, a atividade traz alguns desafios — especialmente, em relação ao alcance de metas e de bons resultados. Sendo assim, é essencial investir no gerenciamento de tempo.

Graças a esse processo, você verá como a sua rotina será mais simples e funcional. Inclusive, é indispensável para atingir o sucesso e se consolidar de vez no mercado de seguros.

Ao longo deste artigo, vamos apresentar as principais dicas de gerenciamento de tempo e como executá-lo corretamente. Confira!

O que é gerenciamento de tempo?

O gerenciamento ou a gestão de tempo é o conjunto de processos para controlar e dividir seu tempo disponível entre tarefas. Ele envolve o planejamento, a tomada de decisão e a execução de atividades de acordo com o que foi previsto.

Para quem é corretor de seguros autônomo, o gerenciamento de tempo é essencial para garantir eficiência e outros benefícios. Com uma atuação estratégica e os conhecimentos certos, é possível fazer mais em seu dia a dia.

Qual a importância do gerenciamento de tempo?

O tempo é um dos recursos mais preciosos que temos — especialmente quando o assunto é atividade profissional. Com uma boa gestão, você vai mudar a sua forma de trabalho e tornará seu cotidiano eficiente e capaz de gerar resultados.

Para entender melhor o impacto de cuidar dessa questão, separamos alguns benefícios importantes que vai conquistar. Veja!

Aumenta a produtividade

Sendo o tempo um recurso limitado, podemos dizer que o gerenciamento é essencial para melhorar sua utilização. Então, quando você acerta nessa etapa, consegue atingir um nível produtivo maior.

Principalmente, é uma maneira de trabalhar com qualidade sem ter de gastar tempo desnecessário com algumas atividades. Ao aumentar a produtividade como corretor de seguros, você vai dar conta das suas tarefas com facilidade e, assim, cumprirá seus objetivos.

Melhora os ganhos com a atividade

Se você se torna mais produtivo, então tem a chance de ampliar os seus ganhos ao fim do mês. Afinal, vai atender mais clientes e fechar um volume maior de seguros, o que garante um acúmulo maior de comissões.

Também é uma excelente maneira de fazer a sua hora trabalhada valer mais. Sendo autônomo, o gerenciamento do tempo é o grande segredo para a sua vida financeira e fará a diferença para garantir bons ganhos.

Otimiza o atendimento ao cliente

Outro ponto interessante é que você terá a chance de prestar um atendimento ao cliente com mais qualidade. Isso acontece porque o melhor uso do tempo aumenta a sua disponibilidade para atuar de forma personalizada.

Como corretor de seguros autônomo, é algo que faz muita diferença para os seus resultados. Na hora de vender seguro online, por exemplo, é possível entender as necessidades específicas para fazer a melhor oferta. Isso aumenta as chances de conversão e ainda melhora a sua imagem no mercado. Inclusive, dá para receber indicações e se destacar dos concorrentes.

Favorece o equilíbrio com a vida pessoal

A flexibilidade de horários trazida pelo trabalho autônomo nem sempre é apenas positiva. É muito comum encontrar corretores de seguro que extrapolam as horas trabalhadas e vivem quase exclusivamente para o trabalho. Com um bom gerenciamento do tempo, é mais fácil equilibrar vida profissional e pessoal.

Aumentar o faturamento traz mais conforto e segurança, mas para tal não é preciso necessariamente elevar as horas trabalhadas. Afinal, é necessário sobrar tempo para cuidar de você e curtir a família. Isso gera um ciclo positivo de motivação, engajamento e resultados melhores.

Quais são os desafios para gerenciar o tempo?

Embora o gerenciamento seja importante, ele traz alguns desafios. Todos são contornáveis, mas é preciso antecipar-se aos obstáculos da produtividade. Somente dessa forma você vai conseguir entender como usar o seu tempo da melhor maneira.

Para não ter dúvidas na hora que eles surgirem, saiba agora quais são os grandes desafios do gerenciamento de tempo!

Fugir da procrastinação

Quando falamos em gerenciar o tempo, é importante que ele seja usado de modo útil. O problema é que um dos maiores desafios é, justamente, vencer a procrastinação — especialmente, aquela que surge a partir das distrações.

É fácil perder minutos ou mesmo horas visitando sites alheios ao mercado de seguros, por exemplo. Se o trabalho for em casa, você também corre o risco de ser interrompido ou mesmo ser atraído para tentações como o sofá e a televisão. Quanto maior for o tempo perdido, mais difícil é ser produtivo.

Priorizar tarefas

Outra dificuldade no gerenciamento de tempo envolve a priorização de tarefas. Como corretor de seguros autônomo, você pode ter a sensação de sempre ter de “apagar incêndios”, correndo de uma atividade para outra.

O problema é que isso aumenta o risco de você perder a renovação daquela apólice ou de se esquecer de alertar um cliente sobre o pagamento. Portanto, é essencial classificar as obrigações de acordo com a urgência e a importância.

Manter a disciplina

Atuar como corretor de seguros autônomo significa não ter chefe para dar ordens ou fazer cobranças. Isso é muito positivo em vários aspectos, mas também é desafiador. Diante da necessidade de gerenciar seu tempo, você pode ter dificuldades para manter a disciplina e o comprometimento.

No entanto, isso pode ser solucionado ao perceber que é você quem mais ganha ao se comprometer em ser produtivo. Afinal, todos os bons resultados favorecem a sua atuação.

Adaptar-se aos imprevistos

Nem sempre tudo sai como o esperado. Um cliente pode fazer uma ligação mais longa que o normal ou o sistema da seguradora ficar indisponível. Isso sem contar os imprevistos da vida pessoal, que também têm bastante peso. O fato é que se adaptar aos imprevistos nem sempre é fácil.

Se você realmente quiser gerenciar seu tempo, é preciso se preparar para tudo — inclusive, para o incontrolável ou imprevisível. Quanto maior for a sua capacidade de adaptação, melhor será o seu desempenho.

Quais são as melhores técnicas de gerenciamento de tempo?

Uma das formas mais fáceis de executar as suas atividades é usando metodologias de gerenciamento do tempo. Elas envolvem algumas tarefas específicas e já comprovadas ao longo do tempo. Ao colocá-las em prática, você verá como o seu cotidiano ficará prático e eficiente.

Powered by Rock Convert

Ficou interessado? Veja quais são os métodos que separamos para que conheça!

GTD

O método Getting Things Done ou GTD é muito popular e eficiente. Ele se baseia em cinco passos principais:

  • capturar: momento em que deve anotar todas as ideias e tarefas a realizar;
  • processar: é a fase em que você analisa cada uma para saber se ela exige atenção imediata ou deve ser deixada para depois;
  • organizar: nesse passo, é essencial dividir as tarefas em listas segundo a ação necessária para executar;
  • refletir: ideal para atualizar os dados conforme mudarem as prioridades ou as exigências;
  • executar: fase em que você se dedica à tarefa mais relevante para aquele instante.

O principal mérito dessa metodologia é garantir que realize o que for mais importante a cada momento. Assim, você fica com a mente livre de preocupações desnecessárias e distrações.

Kanban

O Kanban é um método ágil e ideal para controlar o andamento de tarefas. Basicamente, você deve dividir um espaço (como um quadro branco) em colunas. A configuração mais comum envolve os títulos “A fazer”, “Em andamento” e “Concluído”.

Cada tarefa deve ser escrita em um post-it e colada na primeira coluna. Conforme ocorrer o andamento, elas devem ser movimentadas. Assim, saberá o que já foi concluído e o que ainda falta.

Se quiser, é possível adaptar o método para a sua realidade como corretor de seguros. As colunas podem incluir etapas essenciais do cotidiano, do cálculo à assinatura do contrato.

Matriz GUT

Lembra-se de que falamos que a priorização de atividades é um desafio? A matriz GUT permite encontrar quais são as tarefas mais importantes. Assim, você saberá o que fazer em seguida.

Ela se baseia em um sistema de pontuação. Quanto maior for o valor, maior deve ser a prioridade. Para chegar ao cálculo, você deve usar três fatores, com cinco critérios cada um:

  • gravidade (G): gravíssimo (5), muito grave (4), grave (3), pouco grave (2) e sem gravidade (1);
  • urgência (U): exige ação imediata (5), muito urgente (4), urgente (3), pouco urgente (2) e sem urgência (1);
  • tendência (T): vai agravar rapidamente (5), vai agravar no curto prazo (4), vai agravar no médio prazo (3), vai agravar no longo prazo (2) e não vai mudar (1).

Imagine que você precisa enviar uma proposta de renovação para o cliente. Se o vencimento estiver muito próximo, essa tarefa é:

  • gravíssima (porque pode prejudicar o cliente);
  • dependente de ação imediata (precisa ser resolvida rapidamente);
  • capaz de se agravar rapidamente (devido à insatisfação do cliente e a outras dificuldades).

Para calcular o resultado, basta multiplicar os fatores (G x U x T). Nesse caso, o resultado será 125, que é máximo. Com isso, a tarefa deve estar no topo da sua lista de execução.

Quais são as melhores ferramentas de gerenciamento de tempo?

Outra forma de alavancar essa gestão é usar as ferramentas que facilitam o cotidiano, bem como implementar as metodologias que mostramos. O melhor de tudo é que há várias opções, com diferentes usos e funcionalidades.

Quer saber quais são as alternativas que merecem a sua atenção? Conheça, a seguir, ótimas ferramentas de gerenciamento do tempo!

Agendas virtuais

Não é nada bom depender apenas da memória. Por isso, você pode (e deve) utilizar agendas virtuais para verificar as tarefas e seus respectivos prazos. Muitas estão disponíveis para celular e favorecem o acompanhamento onde estiver. Entre as principais, estão:

Listas de tarefas

Também é interessante controlar todas as atividades que devem ser executadas. Para isso, nada melhor que usar os apps de listas de tarefa. Você pode criar listas com diversos motivos, para situações variadas. Entre os destaques, estão:

Aplicativos de mensuração do tempo

Saber como tem usado seu tempo é essencial para descobrir como aproveitá-lo ao máximo. Por isso, vale recorrer aos aplicativos de mensuração. Com eles, você consegue medir quanto período demorou em uma reunião, o quanto passou em cada site e até suas pausas. Veja algumas opções:

Sistema multicálculo

Realizar as cotações nas seguradoras é uma tarefa essencial para enviar a melhor proposta. O problema é que buscar várias alternativas para diferentes clientes consome muito tempo, que poderia ser aproveitado de outra forma. Para solucionar essa questão, o melhor é usar o sistema multicálculo.

De uma só vez, é possível realizar diversas cotações simultâneas. Assim, você tem uma visão fácil, agiliza o contato com os clientes e se torna mais produtivo. Além disso, evita o risco de cometer erros ao digitar as mesmas informações várias vezes.

Quais são os erros comuns de gerenciamento de tempo que devem ser evitados?

Para não desperdiçar tempo, também é essencial conhecer e evitar os principais erros dessa gestão. Somente assim você vai garantir que todas as tarefas sejam realizadas da melhor forma.

Na sequência, descubra quais são as falhas comuns nesse processo e entenda como se livrar delas!

Não se planejar

É impossível gerenciar o tempo sem se preparar. Fazer tudo de improviso gasta mais tempo que o necessário e desperdiça boas oportunidades. Por isso, um dos erros é não se planejar.

Dentro do que for viável, tente estabelecer as prioridades para a data seguinte e até para a semana. Dica: monte sua lista de tarefas no fim do expediente anterior, pois isso faz diferença para o dia já começar de maneira produtiva.

Não fazer pausas

Ser produtivo não significa trabalhar sem parar — pelo contrário. Nunca realizar pausas vai comprometer a sua produtividade por gerar cansaço, estresse e maior dificuldade de concentração.

Ao longo do seu dia, crie espaços para o descanso, mesmo que por dez ou 15 minutos. Desse modo, você vai aproveitar cada dia de trabalho da melhor forma, mas sem ficar sobrecarregado.

Ser multitarefa

Sabia que a multitarefa atrapalha a produtividade? Isso acontece porque, na verdade, não fazemos várias coisas ao mesmo tempo. O que ocorre é que executamos um pouquinho de cada, sem realmente completar algo. Com mais chances de erros e distrações, o gerenciamento de tempo é prejudicado.

Para fugir desse erro, a dica é simples: mantenha o foco. Prefira criar “rajadas produtivas” e faça uma tarefa de cada vez. Desse jeito, será possível concluir mais em menos tempo sem perder a qualidade.

O gerenciamento de tempo garante produtividade, lucratividade e eficiência. Como corretor de seguros autônomo, esses quesitos são essenciais para ter um cotidiano muito melhor e resultados diferenciados. Portanto, aplique as nossas dicas para transformar a sua atuação profissional.

Para receber outras dicas e ficar por dentro das novidades, assine nossa newsletter já! Ela é gratuita, exclusiva e repleta de conteúdo.

Powered by Rock Convert